você está em: Inicial | Canal Agro | Você sabia? Extinção das abelhas pode definir o futuro da alimentação

janeiro 2022 Notícia do Segmento

Você sabia? Extinção das abelhas pode definir o futuro da alimentação

Muito se fala da ação do homem frente à natureza e como ela afeta a médio e longo prazo vários elementos cruciais para a vida. Uma das discussões mais comuns é a extinção das abelhas. Afinal, elas desempenham um trabalho fundamental na vida de todos. Mas as abelhas realmente serão extintas?

Se engana quem acha que os pequenos insetos voadores são essenciais apenas na produção do mel. Ainda que o produto seja importante para a nossa dieta, as abelhas atuam na polinização de diversos alimentos e, com isso, têm um grande papel na produção agrícola.

Não à toa, há muitas campanhas de conscientização quanto a preservação do animal. A extinção completa das abelhas poderia mudar a produção alimentícia e alterar a dieta de milhões de pessoas, além de afetar financeiramente o dia a dia de muitas famílias. Vamos entender melhor?

Extinção? Por que agora?

A situação vem à tona devido às mudanças climáticas constantes em todo o planeta, como a forte neve na região sul do Brasil e o calor de mais de 40º ocorrido no Canadá, no último verão. Além disso, o desmatamento de matas nativas inviabiliza a formação dos ninhos das abelhas, prejudicando o nascimento de novos indivíduos.

O uso irresponsável dos agrotóxicos também afeta a saúde dos animais, sendo outro fator de risco. Segundo uma análise da Universidade de São Paulo (USP), divulgada em 2017, a população de abelhas e outros polinizadores pode diminuir em 13% até 2050. Isso afetaria diretamente a reprodução de plantas e, em consequência, a produção de alimentos.

Abelhas, por que tão importantes?

A reprodução de vegetais ocorre das mais diversas formas. Porém, as espécies precisam muitas vezes da atuação de elementos externos para conseguirem se polinizar e manter sua presença.

Animais como moscas, vespas, morcegos e aves carregam o pólen dos órgãos masculinos das plantas e os levam à parte feminina, iniciando a fecundação e o processo de reprodução de uma determinada espécie. Mesmo muitos animais desempenhando esse papel, nenhum o faz tão bem quanto as abelhas, as únicas especialistas em polinização.

Grosso modo, para diversas plantas sobreviverem, elas precisam da ação constante das abelhas, levando o pólen e fecundando novos indivíduos. Na prática, elas contribuem para a produção de diversos alimentos, sendo responsáveis por até 80% das plantas presentes na nossa dieta, segundo uma pesquisa da Plataforma Brasileira de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (BPBES).

Com isso, é bom lembrarmos que para conseguirmos comer maracujás, açaí, café, maçãs e outros alimentos importantes na nossa dieta, as abelhas devem continuar a circular sem serem ameaçadas. Já pensou se a extinção das abelhas realmente ocorre? As consequências seriam muito sérias.

A extinção das abelhas afeta o futuro da alimentação?

Existe uma resposta simples para essa pergunta: sim, afeta. Veja bem, se sumirem todas as espécies desse inseto da terra, ainda teríamos acesso à comida. Como comentamos antes, existem outros polinizadores na natureza, apesar da abelha ser a mais competente.

Além do mais, plantações de grãos como o arroz e o trigo, assim como a de cana-de-açúcar, são polinizadas pelo vento. Com isso, estes alimentos continuariam existindo mesmo sem a presença das abelhas na natureza. Entretanto, acontecerá uma drástica redução na oferta de quantidade e qualidade de cultivos, afetando comunidades diferentes e populações carentes.

Evite a extinção das abelhas. Preserve

Na prática, o que podemos fazer para evitar essa situação é respeitar a legislação ambiental e não desmatar onde é expressamente proibido. Com isso, temos a garantia de que a espécie continuará a se reproduzir. Outra maneira é evitar o uso de agrotóxicos e plantar da forma mais orgânica possível.

Claro, sabemos como a realidade muitas vezes não permite isso, mas se está a seu alcance, nada mais justo que tentar. Por fim, lembramos a todos para preservar a vida dos animais. Independente da espécie, deve-se evitar matar as abelhas, mesmo quando elas estão num local inapropriado.

Nesse caso, chame as autoridades responsáveis para a retirada da colmeia e aguarde o procedimento ocorrer completamente. Com essas ações, damos um passo gigante para a manutenção da qualidade da produção agrícola e na garantia de alimento para milhões de pessoas.

Lembre-se: evitar a extinção das abelhas é preservar a humanidade.

Leia também

novembro 2022 Falta de internet no interior atrasa o uso da Agricultura 4.0 em propriedades ...

A internet vem ganhando espaço em propriedades rurais, especialmente para a Agricultura 4.0, técnica que permite mais conhecimento e ...

outubro 2022 Conservação do solo é essencial para melhorar a produção agrícola

A qualidade do solo dita o nível de produtividade que uma propriedade terá, independentemente da cultura plantada. Por isso, trabalhar ...

Atuado no segmento de nutrição vegetal, biotecnologia e mineração, a BIOSUL Fertilizantes possui o portfolio mais completo do mercado.

Seus investimentos em desenvolvimento, tecnologia e matérias-primas com alto grau de pureza, possibilitam oferecer ao agricultor as melhores soluções para o melhor desempenho e equilíbrio nutricional das plantas.

(54) 3231-7600
biosul@biosul.com

Rua Os Independentes Grupo de Barretos SP, 875, B. Parque dos Rodeios, 95201-248 - Vacaria/RS

Biosul © 2019 Todos os direitos reservados.desenvolvimento: Six interfaces