você está em: Inicial | Canal Agro | Os 5 piores erros que você pode cometer ao usar fertilizantes foliares

outubro 2019 Geral

Os 5 piores erros que você pode cometer ao usar fertilizantes foliares


Para que as plantas cresçam e se desenvolvam adequadamente, o uso de fertilizantes é essencial. 

E os fertilizantes foliares, aqueles aplicados diretamente nas folhas das plantas, possuem um importante papel nesse desenvolvimento, uma vez que ajudam a suprir as necessidades nutricionais num cultivo, bem como podem atuar auxiliando os sistemas de defesa vegetal contra ataque de pragas e doenças e/ou adversidades climáticas.

No entanto, alguns agricultores cometem erros na hora de escolher e aplicar um fertilizante em seu plantio. E para ajudar a contornar isso, reunimos aqui 5 dos piores erros que você pode cometer ao usar fertilizantes foliares. Assim você os identifica e elimina da sua vida de uma vez por todas.


1 - Pensar que todos os fertilizantes são iguais


Pensar que todo fertilizante é igual é, sem dúvidas, um dos piores erros que você pode cometer ao usar fertilizantes foliares.

Cada cultura possui suas necessidades nutricionais específicas, dependendo da sua espécie, solo, clima, dentre outros aspectos, sendo assim, existem fertilizantes para atender a cada necessidade.

Por exemplo: há culturas que necessitam de maiores quantidades de Potássio, outras que necessitam de maiores concentrações de Nitrogênio, etc. Além disso, a utilização de cada nutriente varia dependendo da fase da cultura.

Logo, os fertilizantes foliares não são todos iguais. E é importante que você conheça as necessidades do seu cultivo para escolher o ideal. Nesse caso, é importante consultar um especialista para fazer uma análise. Onde o especialista colhe amostras de folhas e de solo e faz a análise em laboratório.


2 - Não contar com auxílio de um profissional


Muitos agricultores acreditam que conhecem as necessidades da sua cultura e, por isso, não precisam da ajuda de um profissional. Mas esse é um dos piores erros que você pode cometer ao usar fertilizantes foliares e que pode levar ao comprometimento da sua cultura.

No entanto, muitos agricultores já têm entendido a importância de contar com o auxílio de um engenheiro agrícola para fazer não somente a análise do solo, mas também a análise foliar. E, desse modo, possuir os dados necessários para fazer a escolha certa de fertilizante.


3 - Usar dosagens erradas de fertilizantes foliares


Também faz-se necessário contar com a ajuda de um engenheiro agrônomo para fazer a análise das necessidades da cultura e saber qual a dosagem recomendada de fertilizantes. 

É importante saber a dosagem ideal para que a produção não sofra com consequências negativas. Por exemplo: usar fertilizantes de forma demasiada pode ocasionar fitotoxidez nas folhas, ocasionando estresse oxidativo, afetando o desenvolvimento da mesma. Já o uso em quantidades abaixo do ideal fará com que as carências de nutrientes não sejam supridas. E tudo isso compromete a produção e a qualidade dos alimentos.


4 - Não se preocupar com as necessidades nas diferentes fases da cultura


Cada fase de uma cultura requer uma dosagem e tipo de fertilizante. Porém, um grande erro cometido por alguns agricultores é não se preocupar com isso e fazer uso do mesmo fertilizante em todas as fases do seu cultivo.

Durante o desenvolvimento vegetativo há uma necessidade maior de Nitrogênio, logo, durante a floração, há a necessidade maior de outros elementos, como o Cálcio, Fósforo, Boro e assim por diante. 

Outro ponto importante também é que as necessidades nutricionais de cada lavoura podem variar de acordo com a região. Por exemplo: pode ser que uma safra na região sudeste necessite mais de um determinado elemento na adubação (como também é conhecido o fertilizante), já em outra haja uma necessidade maior em outro.

O agricultor precisa pensar que, do mesmo modo que os seres humanos, cada planta tem as suas necessidades nutricionais. E que essas necessidades variam de acordo com a fase do plantio. E, também, há casos em que as plantas precisarão de complementos e, nesse caso, terão na fertilização foliar o que precisam.


5 - Não ler o rótulo dos fertilizantes


As informações contidas nas embalagens dos fertilizantes foliares estão ali para ajudar o agricultor a evitar erros no uso de adubação nas suas culturas. Por isso é sempre importante ler as informações constantes nos rótulos.

Inclusive, nos rótulos, o fabricante pode indicar o fertilizante mais recomendado para cada fase do cultivo e também as quantidades. Lembrando que tais informações são validadas com a ajuda de profissionais qualificados.

Leia também

novembro 2019 Frutas que estão conquistando o mercado

Existem algumas frutas que estão conquistando o mercado brasileiro. E muitos produtores rurais já estão aproveitando isso para ...

novembro 2019 Como ocorre a interação benéfica entre planta-bactéria em leguminosas

Sabe-se que quando o solo é escasso em N, as bactérias do gênero Rhizobium auxiliam as plantas leguminosas a retirar da ...

Atuado no segmento de nutrição vegetal, biotecnologia e mineração, a BIOSUL Fertilizantes possui o portfolio mais completo do mercado.

Seus investimentos em desenvolvimento, tecnologia e matérias-primas com alto grau de pureza, possibilitam oferecer ao agricultor as melhores soluções para o melhor desempenho e equilíbrio nutricional das plantas.

(54) 3231-7600
biosul@biosul.com

Rua Os Independentes Grupo de Barretos SP, 875, B. Parque dos Rodeios, 95201-248 - Vacaria/RS

Biosul © 2019 Todos os direitos reservados.desenvolvimento: Six interfaces