você está em: Inicial | Canal Agro | BIOSUL REALIZA EXPERIMENTO EM MAÇAS COM NOVA TECNOLOGIA PARA CONTROLE DE PRAGAS

janeiro 2016 Geral

BIOSUL REALIZA EXPERIMENTO EM MAÇAS COM NOVA TECNOLOGIA PARA CONTROLE DE PRAGAS

Os agroquímicos, habitualmente utilizados no controle de pragas (bactérias e fungos que causam danos às plantas), nas culturas agrícolas, estão perdendo a eficiência no campo, além de causar dano ao ambiente e à saúde humana. Isto ocorre, principalmente, em função do uso excessivo e frequente do mesmo produto e na mesma área. A situação preocupa técnicos, produtores rurais e a cadeia do agronegócio como um todo.

 A BIOSUL vem trabalhando em duas grandes linhas de pesquisa, com o objetivo de melhorar o controle fitossanitário das culturas agrícolas e facilitar o controle de pragas:

1) Uso de indutores de resistência: são substâncias que aumentam a resistência das plantas ao ataque de pragas;

2) Bio polímeros com capacidade fungicida e bactericida; 

Estas duas tecnologias são capazes de reduzir os danos causados por estas pragas e consequentemente a aplicação excessiva de agroquímicos. 

As principais vantagens destes produtos são suas diferentes rotas de ação, o que não ocasiona a seleção das populações resistentes de fitopatógenos, além de apresentarem baixa toxidade e biodegradabilidade.

Um dos experimentos mais audaciosos com estas tecnologias foi realizado no pomar de um parceiro local (Vacaria), onde se conduziu o controle fitossanitário na produção 1 há de maças do cultivar gala na safra 2015/2016 exclusivamente com o produto PX 012 -  indutores de resistência e bio polímero.

As condições climáticas deste ciclo foram propícias para o desenvolvimento de fungos, mesmo assim os resultados de sanidade da planta e da  fruta foram bastante satisfatórios, onde obtivemos ganhos importantes no controle das principais doenças (sarnas, podridões, glomirela e cancro) possibilitando chegar até o final do ciclo com os frutos próprios para o consumo.

As condições climáticas também acarretaram um grande aumento no número de aplicações de agroquímicos na cultura de maças, fazendo com que os custos tenham aumentado significantemente, assim como os fatores de aquisição de resistência aos princípios ativos utilizados. No Pomar experimental foram necessárias 20 aplicações, número este 30% menor do que os pomares com manejo químico da região estudada.

O próximo passo deste projeto será o acompanhamento e avaliação do índice de dano e incidência para cada doença e ampliação do número de experimentos nessa e em outras culturas.

Leia também

abril 2019 CONSEQUÊNCIAS DO EXCESSO DE CHUVAS NA INTERAÇÃO PLANTA-SOLO

O excesso de chuvas causa grandes estragos nos cultivos de produção agrícola.   No solo, inúmeros danos ocorrem, ...

março 2019 A IMPORTÂNCIA DO ZINCO NO DESENVOLVIMENTO VEGETAL

O Zinco é um dos micronutrientes mais atuantes na fisiologia vegetal.  Este elemento está presente em diversas rotas ...

Atuado no segmento de nutrição vegetal, biotecnologia e mineração, a BIOSUL Fertilizantes possui o portfolio mais completo do mercado.

Seus investimentos em desenvolvimento, tecnologia e matérias-primas com alto grau de pureza, possibilitam oferecer ao agricultor as melhores soluções para o melhor desempenho e equilíbrio nutricional das plantas.

(54) 3231-7600
biosul@biosul.com

Rua Os Independentes Grupo de Barretos SP, 875, B. Parque dos Rodeios, 95201-248 - Vacaria/RS

Biosul © 2019 Todos os direitos reservados.desenvolvimento: Six interfaces