você está em: Inicial | Canal Agro | Gestão de processos e de qualidade na produção de sementes de inverno

junho 2022 Notícia do Segmento

Gestão de processos e de qualidade na produção de sementes de inverno

Ao contrário da crença de muitos, a estação mais fria do ano não é, necessariamente, improdutiva para o meio agrícola. Na verdade, esse momento pode ser excelente para melhorar a eficiência do sistema de produção da lavoura. Para isso, é preciso entender com propriedade as culturas de inverno.

Como a temperatura diminui, assim como a frequência das chuvas, fica inviável optar pela mesma cultura do verão. Ainda assim, é possível aproveitar o momento e desenvolver outras produções, as quais podem promover benefícios aos próximos cultivos.

Entretanto, antes de optar por um tipo, se faz necessário compreender as culturas de inverno, ou seja, quais são elas e onde aplicá-las. No fim, o produtor também deve ter conhecimento de seus benefícios para a produção de sua lavoura, de uma forma geral.

Pensando nessas questões, bolamos um guia mostrando mais dessa temática. Vamos conferir?

Principais características das culturas de inverno

Também conhecidas como culturas de entressafra, as de inverno costumam oferecer inúmeras vantagens para a lavoura, como o aumento da fertilidade do solo. Ainda assim, esses tipos possuem características distintas e não se pode simplesmente plantar o que quiser.

Na verdade, existe toda uma recomendação para cada cultura. No sul, por exemplo, são recomendadas determinadas produções, ao mesmo passo que no norte e nordeste são outras. Por isso, separamos por região as culturas de inverno mais comuns e com melhores chances de boa rentabilidade.

Região Sul

O inverno mais rigoroso na região sul exige culturas entressafra mais resistentes ao frio. Com isso, opte por opções como trigo, aveia, centeio e milho. Elas são excelentes para balancear as exigências do cultivo de soja, tão comum nesta região.  

Região Sudeste

Como a temperatura sobe um pouco no inverno, se comparada ao sul, a região sudeste também conta com boas alternativas de culturas de inverno, como sorgo, feijão, cambre e girassol.

Região Centro-Oeste

Para o Centro-Oeste, mantém-se as mesmas opções do sudeste, com sorgo, feijão, cambre e girassol sendo as melhores saídas para essa época do ano. Entretanto, como o déficit hídrico nos estados que compõem a região é maior, a aveia se torna o cultivo ideal.

Regiões Nordeste e Norte

Nos dois casos a queda de temperatura não é tão drástica. É comum os termômetros em ambas as regiões se manterem nos 30º, por isso não é ideal apostar em grãos como aveia, trigo, ou mesmo o girassol.

Porém, a mudança no clima ainda afeta as safras e por isso é bom criar culturas de inverno no norte e nordeste, ainda que sejam diferentes das outras regiões. Para ambos, recomenda-se o uso de plantas e hortaliças nesse momento.

No caso do nordeste, os melhores cultivos são abóbora, alface, espinafre e cenoura. Além disso, é possível apostar em coentro e salsa. No norte, prefira melão, repolho e feijão-vagem.

Por que optar pelas culturas de inverno?

Já entendemos quais as principais opções de entressafra e onde aplicá-las. Mas por que essa técnica é tão necessária? Bom, a rotatividade de culturas serve como um fator de melhora do sistema de produção.

Isso porque cada tipo de planta exige determinados nutrientes. Nesse sentido, um solo que produz apenas um tipo de cultivo por muito tempo acaba ficando pobre. Isso afeta a qualidade dos plantios futuros e pode propiciar o aparecimento de ervas daninhas.

Um exemplo claro é quando plantamos com muita frequência a soja e isso acarreta no surgimento da buva. Para amenizar o problema, cultiva-se outra planta, no momento entressafra. Nesse caso, recomenda-se uma com efeitos alelopáticos que podem diminuir a germinação das daninhas, como é o caso do trigo e aveia.

Fazer o rodízio de culturas melhora a eficiência do solo, desde que as culturas de inverno consumam nutrientes diferentes da principal. Outro benefício é o fato dessa variação trazer diferentes resistências e tolerâncias a patógenos e pragas, além de possuir impacto direto na qualidade do solo, minimizando a erosão e maximizando a conservação de água no sistema.

Em quais culturas de inverno você vai investir? Independente da sua escolha, dê uma olhada nos produtos no site da Biosul para garantir ainda mais rentabilidade e sucesso na sua produção.

Leia também

agosto 2022 Saiba mais sobre a Agricultura Regenerativa

Conciliar a produção agrícola com a preservação do meio ambiente é uma responsabilidade e ...

julho 2022 EXPERIMENTO CIENTIFICO EM BUSCA DE RESULTADOS PARA O AGRICULTOR PARCERIA BIOSUL ...

Teve início neste mês de julho a execução do projeto desenvolvido pela Biosul em parceria com o IFRS Campus Vacaria, ...

Atuado no segmento de nutrição vegetal, biotecnologia e mineração, a BIOSUL Fertilizantes possui o portfolio mais completo do mercado.

Seus investimentos em desenvolvimento, tecnologia e matérias-primas com alto grau de pureza, possibilitam oferecer ao agricultor as melhores soluções para o melhor desempenho e equilíbrio nutricional das plantas.

(54) 3231-7600
biosul@biosul.com

Rua Os Independentes Grupo de Barretos SP, 875, B. Parque dos Rodeios, 95201-248 - Vacaria/RS

Biosul © 2019 Todos os direitos reservados.desenvolvimento: Six interfaces